8 Maneiras Diferentes de Plantar Tomates

2

A coisa mais incrível sobre os tomates é a capacidade deles de adaptação e por isso vou mostrar aqui 8 maneiras diferentes de como você pode plantar essas deliciosas e suculentas frutas.

Curiosidade: tomate é tecnicamente a FRUTA do pé de tomate mas é usado como VEGETAL na culinária.

Incrivelmente saborosas, os tomates dão cor ao jardim e saúde ao corpo. Crescem de várias maneiras desde a maneira tradicional , no chão até de cabeça para baixo. Aqui você vai descobrir qual destas maneiras de cultivar tomates é a melhor para você.

1 – No chão

Este método é talvez a maneira mais comum de cultivar tomates.

Vantagens:
– Você pode plantar quase qualquer variedade.
– As plantas requerem menos água do que aquelas em recipientes.
– Uma plantação no chão pode produzir grandes quantidades de frutos.

Desvantagens:
– Requer espaço no quintal que recebe muita luz do sol.
– Animais (considerados como pragas ) como gambás, pássaros e esquilos preferem ir direto a esse tipo de jardim.
– Se ocorrerem doenças transmitidas pelo solo, é mais difícil esterilizar ou substituir o solo.

Plantação de tomates no chão

Quando a terra é boa, as plantas de tomate crescem mais e necessitam menos rega. Foto: via

2. Em um canteiro elevado ( bancal )

O bancal é o tipo de canteiro que atraem pessoas com vontade de fazer algo de DIY. Hoje em dia, você pode comprar kits acessíveis que até uma criança poderia montar.

Vantagens:
– Eles fornecem excelente drenagem.
– É fácil personalizar, alterar e (se necessário) substituir o solo.
– O solo não se compacta por que não será pisado, permitindo uma maior aeração para o crescimento das raízes.
– Estes canteiros elevados, especialmente os mais elevados, exigem menos flexões e curvaturas da coluna e isso o corpo agradece.

Desvantagens:
– Estes canteiros requerem um certo investimento inicial para os materiais.
– O projeto do jardim pode ser menos eficiente, pois você precisa deixar espaço para caminhar entre os canteiros.

canteiro elevado cheio de tomates maçã

Canteiro elevado tem a vantagem de suplantar em um terreno de terra pobre, dando raizes em um meio saudável. Foto: via

3. Em vasos

Os vasos são uma opção extremamente versátil para o cultivo de tomates.

Vantagens:
– Você pode cultivar praticamente em qualquer lugar onde haja sol, inclusive em um pátio, deck ou telhado.
– Os vasos são móveis, permitindo que você mude o tomate para dentro ou fora quando tem o frio, granizo ou qualquer outra surpresa da Mãe Natureza.
– Não é necessário aguardar o aquecimento do solo na primavera, para que você possa plantar mais cedo.
– A colheita é muitas vezes mais fácil, pois potes podem ser colocados perto da casa e mais elevados

Desvantagens:
– Você deve ter certeza de escolher o vaso do tamanho certo para a variedade que está plantando.
– Com os vasos, a terra seca mais rapidamente do que os plantados no chão e na fase crescimento, necessita regos diariamente.
– Em áreas com muito vento ou em decks exteriores, os vasos leves podem precisar de suporte para permanecerem em posição vertical.

tomates plantados em vasos

Os vasos são móveis, permitindo que você faça uso de qualquer espaço ensolarado. Foto: via

4. Em um balde/ lata

Este é talvez o tipo de recipiente mais barato e prontamente disponível.

Vantagens:
– Você pode reciclar os baldes da sua casa.
– Todos os tipos de baldes podem receber tomates: galvanizados, pintura, alimentos ou qualquer que você tenha em casa
– A maioria dos baldes podem ser móveis uma vez plantados, embora possam ficar mais pesados.

Desvantagens:
– Você deve adicionar furos de drenagem.
– Os baldes metálicos podem enferrujar ao longo do tempo, deixando marcas no chão.
– Alguns baldes não são grandes o suficiente para cultivar tomates .
– Os baldes de plástico de cor escura podem causar sobre-sobreaquecimento das raízes, inibir o crescimento ou até mesmo matar as plantas.

Os baldes são uma opção adequada e barata: Foto: via

5. Em um barril de Madeira

Os barris consideráveis de vinho ou uísque são um tipo de recipiente favorito para muitos.

Vantagens:
– O tamanho grande oferece um amplo espaço para que a raiz cresça sem problema dando tomates maiores.
– Barris são decorativos e ficam lindos em qualquer lugar.

Desvantagens:
– É pesado e geralmente não pode ser movido uma vez preenchido e plantado.
– Adicionar buracos de drenagem requer um certo tipo de esforço.
– Barris eventualmente apodrecem.

tomates plantas em barril de vinhos

Os barris de madeira são recipientes rústicos duradouros e com muito espaço para raízes. Foto: via

6. No vão da janela

Traga suas plantinhas de tomate para o vão desperdiçado da janela. Mark Ridsdill Smith, da Vertical Veg, sugere a utilização de um vaso que contenha pelo menos 1,5 litros de solo, perfurando pequenos orifícios ao longo dos lados para drenagem e usando uma treliça de cordas amarrada á parede acima da janela.

Vantagens:
– A colheita é simples, basta abrir a janela e escolher.
– regar e cuidar são bem acessíveis.
-Por estar bem acima do nível do chão , com certeza menos pragas terá.

Desvantagens:
– Você vai preferir tomates cereja, pois a fruta é leve e pequena.
– Os vasos nas janelas devem ser atados adequadamente, o que pode exigir algum talento DIY
– Ventos fortes podem deslocar as plantas e até mesmo os vasos se estes não estiverem bem amarrados.

tomates no vão da janela

O vão da janela é uma ótima opção para pessoas que vivem em espaço urbano. Foto: via

7. Em uma cesta suspensa

As cestas penduradas são mais comum nas varandas, mas como pendurá-las fora de uma janela como um jardim vertical? (Veja as dicas de Ridsdill Smith)

Vantagens:
– Não necessita se inclinar enquanto cuida e colhe.
– Você pode pendurar o cesto ou exibi-lo em um pedestal no jardim em um determinado ponto atraente.
– Os tomates em cascata podem ser tão coloridos quanto as flores.

Desvantagens:
– As cestas precisam ser regadas com mais freqüência do que os tomates no chão ou em recipientes maiores.
– O acessório para pendurar deve ser suficientemente forte para suportar uma cesta cheia de terra molhada que é bem pesado.
– Você deve escolher cuidadosamente as variedades de tomate. Os tomates cerejas em cascata funcionam melhor.

2 cestas penduradas na janela com tomates

Cestas suspensas dão um charme todo especial e um toque de jardim vertical comestível. Foto: via

8. Em um vaso de cabeça para baixo

Você pode comprar um já fabricado ou fazer o seu próprio usando vasos ou baldes.

Vantagens:
– O vaso permite um excelente fluxo de ar.
– As plantas não precisam de guias de crescimento.
– Menos ervas daninhas .
– As plantas de cabeça para baixo não ocupam espaço valioso no quintal.
– Você pode ficar de pé enquanto cuida das plantas.
– As aves são menos propensas a comer a fruta, porque é mais difícil para elas.

Desvantagens:
– Os tomates de cabeça para baixo precisam de rega freqüente, mas pode ser complicado determinar o quanto da frequência.
– Qualquer água não absorvida pela terra irá escorrer sobre folhas e frutas da planta, o que pode gerar doenças.
– Muitos jardineiros dizem ter baixos rendimentos.
– Você deve instalar algum tipo de acessório para pendurar as plantas.

tomates plantados de cabeça para baixo

As plantas de cabeça para baixo não dão espaço para os pássaros pousarem e com isso fica mais difícil picar nossas frutas.

Veja aqui o vídeo onde mostra a maneira mais fácil de germinar e plantar tomates

 

Gostou? Compartilhe!

2 Comentários

Deixe um comentário