Ervas aromáticas – 6 erros grandes que deve evitar

0

Perguntei a alguns amigos e seguidores da mídia social se eles tinham alguma dúvida ou problema que precisavam ser abordados quando se tratava de jardinagem. Fiquei surpreso com quantas pessoas se depararam com problemas ao tentar cultivar um jardim de ervas. Aqui estão os problemas mais comuns que ouvi e algumas respostas sobre como corrigi-los.

Veja AQUI Como começar um jardim de Ervas

1. superlotação

Essas lindas cestas de ervas são tão tentadoras, não são? Um monte de ervas aromáticas em uma cesta que está a ponto de estourar com solos argilosos e plantas com cheiro fresco. Não perca seu tempo com essas cestas. Muitas vezes, as ervas incluídas são plantadas muito próximas umas das outras.

Ao plantar seu próprio jardim de ervas, dê às suas plantas espaço suficiente para respirar. Isto é especialmente importante quando se plantam variedades perenes. A superlotação leva a um crescimento fraco. Raízes não têm espaço suficiente para se expandir, e a planta sofre como resultado.

O ideal é experimentar com espaçamento entre plantas no jardim.  Sinta-se livre para fazer testes com suas plantas.  Mas se você quer garantir o sucesso, siga as orientações de espaçamento recomendadas no pacote de sementes ou no rótulo do vaso.

Isso também se aplica as ervas daninhas. Se você deixar as ervas daninhas entrarem no jardim, isso irá prejudicar o crescimento de suas plantas, então fique atento.

ervas na cestas

2. sol não o suficiente

As ervas não estão florescendo em sua localização parcialmente sombreada? Se você está plantando dentro de casa e não consegue encontrar uma janela adequadamente ensolarada, opte por iluminação LED para manter suas ervas felizes. Se o seu quintal estiver mais na sombra, não há muito o que fazer para mudar isso, mas você pode escolher ervas que gostam de sombra.

Salsinha e hortelã são bons exemplos de ervas que não precisam de muita luz. Se você está cultivando plantas sob pouca luz, administre suas expectativas. Durante anos, eu tive um jardim em um local sombreado.Era a minha única opção. As plantas cresceram, mas o crescimento foi lento e o resultado nada impressionante.

Veja AQUI 6 VEGETAIS QUE CRESCEM BEM EM SOMBRAS 

3. Contêineres Muito Pequenos

Você pode ver inúmeros fotos no Pinterest que mostram pequenos jardins de ervas consistindo de pequenos recipientes. A maioria das ervas acabará por crescer muito e sobressair dentro  desses pequenos recipientes. Lembra como eu mencionei que você não deveria sobrecarregar suas ervas? Coloca-las em minúsculos potes estará fazendo a mesma coisa.

Você não precisa plantar ervas em grandes vasos, mas um recipiente espaçoso é necessário para a longevidade da planta. Caso contrário, você terá apenas algumas semanas de vida de sua linda plantinha. Algumas ervas estão disponíveis em variedades anãs e podem sobreviver em recipientes em miniatura, mas geralmente, um vaso deve ter pelo menos 15cm de diâmetro, e esse é o mínimo.

Se a variedade de erva que você escolheu tem um sistema de enraizamento profundo. O melhor é optar por um recipiente profundo em vez de um vasto raso (a salsinha, por exemplo, tem uma raiz principal comprida). Quando você compra uma erva na floricultura, os potes em que as ervas são vendidas são muito pequenos. Não pense que só porque as ervas estão felizes em mini vasos, neste momento da compra, que elas durarão para sempre.

Espere uma semana para a nova plantinha acostumar com o novo local e a partir deste tempo, faça um transplante para um vaso ou local adequado para cada tipo de erva.

ervas aromáticas

4. Pouca Drenagem

Outra coisa que vejo frequentemente são vasos de ervas em recipientes que não permitem a drenagem. Escolha um recipiente que permita a drenagem da água! Se você regar muito ou se chover muito, um bom vaso permitirá que a água flua para o fundo sem encharcar e apodrecer as raízes da sua planta.

Indo pela linha DIY e fazendo um jardim de ervas dentro de casa com todos os vasos que você tem em mãos? Use pedras ou cacos de cerâmica para encher o fundo do recipiente para ajudar na drenagem.

Isso também se aplica ao ar livre. Se suas ervas constantemente têm as raizes molhadas, elas não vão prosperar. Inclusive podem até morrer por excesso de água. Planeje com antecedência ao plantar seu jardim e misture um pouco de areia na terra para facilitar a drenagem, ou escolha plantas que não se importem tanto com as raízes molhadas.



5. Não podando o suficiente

Quer saber por que seu esforço para cultivar ervas está acabando em sementes e talos altos? A resposta é que você não está podando o suficiente. Para evitar o crescimento rápido e incentivar uma aparência densa, certifique-se de podar regularmente as plantas de erva.

Quanto mais você corte suas folhas e galhos, mais tempo sua planta de erva permanecerá em seu ciclo de produção. Se você começar a ver botões de flores, corte-as imediatamente. Quando você não consegue cortar e retirar as flores da planta, é provável que ela irá se transformar  em semente e com isso completar seu ciclo de vida. Quando isso acontece, muitas plantas morrem. Continue cortando e retirando as flores para evitar que isso aconteça.

regar ervas

6. Rega Demais (ou Não Suficiente)

Uma das razões mais comuns para uma planta de erva morrer é por causa do excesso ou da escassez de água. Se você está cuidando de uma planta dentro de casa, é muito provável regar demais. Eu fiz isso. Você fica paranóico se está regando o suficiente. As pessoas também tendem a entrar em pânico quando percebem que uma planta não está bem e assumem que o problema é a falta de água.

Regar em excesso, no entanto, pode levar a podridão da raiz, que é difícil de detectar até que seja tarde demais. Antes de regar, sinta o terra com o dedo. Enfie seu polegar na terra. Se ele sai limpo, sem terra, pode saber que a terra está  muito seca e sua planta provavelmente está com sede.

No entanto, nem todas as plantas, incluindo ervas, têm os mesmos requisitos de cuidados. De fato, algumas ervas preferem o solo mais seco e não gostam de ambientes úmido. Se você está plantando um jardim de ervas em uma cama elevada ou no terreno, cuidar de suas plantas torna-se um pouco mais complicado, especialmente se cada variedade de ervas tiver necessidades diferentes.

É por isso que o plantio em ervas em recipientes ou vasos é tão popular. Torna mais fácil separar, fertilizar e cuidar de cada tipo de planta separadamente. Bônus? Você pode mudar facilmente seus vasos quando o tempo frio chegar e assim salvar as ervas anuais dos danos provocados pela geada.

Começar em um jardim de ervas não é muito complicado, uma vez que você tem o know-how e uma pequena preparação vai lhe poupar uma tonelada de tempo e dinheiro a longo prazo. Mas o mais importante é ter lindas plantas na sua volta que te fornecerá saúde e bem estar.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.