15 plantas medicinais Impressionantes que podem proteger seu corpo

0

15 Plantas  Impressionantes com propriedades Antivirais

Desde os tempos antigos, as plantas têm sido usadas como tratamentos naturais para várias doenças, incluindo infecções virais.

Devido à sua concentração de potentes compostos vegetais, muitas ervas ajudam a combater vírus e são favorecidas por praticantes de medicina natural.

Ao mesmo tempo, o poder e benefícios de algumas destas plantas, são ainda pouco conhecidos atraves de pesquisas em humanos. Mas mesmo sabendo pouco sobre os efeitos possitivos que pode gerar, é sempre bom adiciona-los na sua dieta.

Aqui estão 15 plantas com poderosa atividade antiviral

1 – Echinacea

Echinacea é um dos ingredientes mais usados na medicina à base de ervas devido às suas impressionantes propriedades promotoras da saúde. Muitas partes da planta, incluindo suas flores, folhas e raízes, são usadas para remédios naturais.

Na verdade, a Echinacea purpurea, uma variedade que produz flores em forma de cone, foi usada por nativos norte americanos para tratar uma ampla gama de condições, incluindo infecções virais

Vários estudos de laboratório  sugerem que certas variedades de Echinacea, incluindo Echinacea pallida, Echinacea angustifolia e Echinacea purpurea, são particularmente eficazes no combate a infecções virais como herpes, influenza e coronavirus.

Acredita-se  notavelmente que a E. purpurea também tenha efeitos de aumento imunológico, tornando-a particularmente útil para o tratamento de infecções virais

fonte: aqui e aqui e Aqui 

Echinacea

2 -Baga de sabugueiro

Sabugueiro é uma família de plantas também chamada de Eldeberries. Bagas de Sabugueiro são transformadas em uma variedade de produtos, como elixirs e pílulas, que são usados para tratar naturalmente infecções virais como gripe e resfriado comum.

Um estudo em camundongos determinou que o suco de bagas de sabugueiro concentrado suprimiu a replicação do vírus da gripe e estimulou a resposta do sistema imunológico.

Além disso, em um estudo com 180 pessoas, foram usados suplementos de suco de bagas de sabugo para reduzir substancialmente os sintomas respiratórios superiores causados por infecções virais

Fonte: Aqui  e Aqui 

bagas de sabugueiro

3 – Alho

O alho é um remédio natural popular para uma ampla gama de condições, incluindo infecções virais.

Em um estudo realizado em 23 adultos com verrugas causadas pelo papilomavírus humano (HPV), a aplicação do extrato de alho nas áreas afetadas duas vezes por dia eliminou todas as verrugas após 1-2 semanas .

Além disso, estudos mais antigos de laboratório observam que o alho pode ter atividade antiviral contra influenza A e B, HIV, HSV-1, pneumonia viral e rinovírus, que causa o resfriado comum. No entanto, faltam pesquisas atuais.

Estudos em animais e tubos de ensaio indicam que o alho aumenta a resposta do sistema imunológico estimulando células imunes protetoras, o que pode proteger contra infecções virais .

Fonte: Aqui e Aqui

4 – Alecrim

O alecrim é frequentemente usado na culinária, mas também tem aplicações terapêuticas devido a seus numerosos compostos vegetais, incluindo ácido oleanólico.

O ácido oleanólico tem apresentado atividade antiviral contra vírus herpes, HIV, gripe e hepatite e isso foi demonstrado atraves de um extrato de alecrim.  Este estudo foi feito em laboratório e em animais.

Fonte: Aquie Aqui 

5 – Funcho

Funcho é uma planta com sabor de alcaçuz que pode combater certos vírus.

Estudo de laboratório mostrou que o extrato de funcho apresentou fortes efeitos antivirais contra vírus do herpes e parainfluenza tipo 3 (PI-3), que causa infecções respiratórias em bovinos .

Além disso, trans-anetol, o principal componente do óleo essencial do funcho, demonstrou poderosos efeitos antivirais contra vírus da herpes .

De acordo com pesquisas em animais, o funcho também pode impulsionar seu sistema imunológico e diminuir a inflamação, o que também pode ajudar a combater infecções virais .

Fonte: Aqui e Aqui 

funchos

6 – Orégano

Orégano é uma erva popular na família da hortelã que é conhecida por suas impressionantes qualidades medicinais. Seus compostos vegetais, que incluem carvacrol, oferece propriedade antiviral.

Em um estudo de laboratório, tanto o óleo de orégano quanto o carvacrol isolado, reduziram a atividade do norovírus murine (MNV) com 15 minutos de exposição.

MNV é altamente contagioso e a principal causa de gripe estomacal em humanos. É muito semelhante ao norovírus humano e usado em estudos científicos porque o norovírus humano é notoriamente difícil de crescer em ambientes laboratoriais.

Óleo de orégano e carvacrol também demonstraram exibir atividade antiviral contra o vírus herpes simplex tipo-1 (HSV-1); rotavírus, causa comum de diarreia em bebês e crianças; e vírus sincicial respiratório (RSV), que causa infecções respiratórias .

Fontes:   Aqui ,  Aqui e Aqui 



7 – Sálvia

Também membro da família da hortelã, a sálvia é uma erva aromática que tem sido usada há muito tempo na medicina tradicional para tratar infecções virais.

As propriedades antivirais da salvia são atribuídas principalmente a compostos chamados safficinolide, que são encontrados nas folhas e caules da planta.

Pesquisas de laboratório  indicam que essa erva pode combater o vírus da imunodeficiência humana tipo 1 (HIV-1), que pode levar à AIDS. Em um estudo, o extrato de sálvia inibiu significativamente a atividade do HIV, impedindo que o vírus entrasse nas células alvo .

Salvia também foi mostrado para combater o HSV-1 e o vesiculovírus indiana, que infecta animais de fazenda como cavalos, vacas e porcos.

Fonte : Aqui 

8 – Manjericão

Muitos tipos de manjericão, incluindo as variedades Manjericão doce e tulsi ( manjericão-sagrado), podem combater certas infecções virais.

Por exemplo, um estudo  descobriu que extratos de manjericão doce, incluindo compostos como apigenina e ácido ursolico, apresentaram efeitos potentes contra vírus do herpes, hepatite B e enterovírus .

O manjericão sagrado, também conhecido como tulsi, tem demonstrado  aumentar a imunidade, o que pode ajudar a combater infecções virais.

Em um estudo de 4 semanas em 24 adultos saudáveis, a suplementação com 300 mg de extrato de manjericão sagrado aumentou significativamente os níveis de células T auxiliares e células assassinas naturais, ambas são células imunes que ajudam a proteger e defender seu corpo de infecções virais .

Fonte: Aqui e Aqui 

9 – Melisa

A melisa é uma planta “cítrica” que é comumente usada em chás e temperos. Também é famosa por suas qualidades medicinais.

O extrato de melisa é uma fonte concentrada de óleos essenciais potentes e compostos vegetais que têm atividade antiviral.

Pesquisas  mostraram que ele tem efeitos antivirais contra gripe aviária (gripe das aves), vírus herpes, HIV-1 e enterovírus 71, que podem causar infecções graves em bebês e criança

Fonte : Aqui 

10 – Hortelã

Hortelã é conhecido por ter poderosas qualidades antivirais e muito usado adicionado no chá, extratos e tinturas destinadas a tratar naturalmente infecções virais.

Suas folhas e óleos essenciais contêm componentes ativos, incluindo mentol e ácido rosmarinico, que têm atividade antiviral e anti-inflamatória.

Em um estudo de laboratório, o extrato de folha de hortelã exibiu atividade antiviral potente contra o vírus sincicial respiratório (RSV) e diminuiu significativamente os níveis de compostos inflamatórios.

Fonte: Aqui e Aqui 

11 – Alcaçuz

Alcaçuz tem sido usado na medicina tradicional chinesa e outras práticas naturais por séculos.

Glicyrrhizin, liquiritigenina e glabridin são apenas algumas das substâncias ativas em alcaçuz que têm propriedades antivirais poderosas.

Estudos de laboratorio demonstram que o extrato da raiz de alcaçuz é eficaz contra HIV, RSV, vírus de herpes e coronavírus grave relacionado à síndrome respiratória aguda (SARS-CoV), que causa um tipo grave de pneumonia.

Fonte: Aqui e Aqui 

alcaçuz

12 – Astrágalo

Astrágalus é uma erva que floresce popular na medicina tradicional chinesa. Possui polissacarídeo, que tem qualidades imunológicas e antivirais significativas

Estudos em laboratórios e em animais mostram que o astragalus combate vírus de herpes, hepatite C e vírus da influenza aviária H9

Além disso, estudos de laboratório sugerem que a APS pode proteger as células astrócidas humanas, o tipo mais abundante de célula no sistema nervoso central, da infecção por herpes.

Fonte: Aqui 

astralago

13 – Gengibre

Produtos de gengibre, como elixirs, chás e pastilhas, são remédios naturais populares — e por uma boa razão. O gengibre tem mostrado ter atividade antiviral impressionante graças à sua alta concentração de potentes compostos vegetais.

Pesquisas de laboratório demonstram que o extrato de gengibre tem efeitos antivirais contra a gripe aviária, RSV e calicivírus felino (FCV), que é comparável ao norovírus humano.

Além disso, compostos específicos do gengibre, como gingerols e zingerone, demostraram que inibi a replicação viral e impede que vírus entrem na célula hospedeira.

Fonte: Aqui 

14 – Ginseng

O ginseng, que pode ser encontrado em variedades coreanas e americanas, é a raiz das plantas da família Panax. Muito usado na medicina tradicional chinesa, tem se mostrado particularmente eficaz no combate a vírus.

Em estudos de laboratorio em animais, o extrato de ginseng coreano vermelho tem exibido efeitos significativos contra RSV, vírus herpes e hepatite A.

Além disso, compostos em ginseng chamados ginsenosides têm efeitos antivirais contra hepatite B, norovírus e coxsackievírus, que estão associados a várias doenças graves – incluindo uma infecção do cérebro chamada meningoencefalite.

Fonte: Aqui

15 – Dente de Leão

Os dente-de-leão são amplamente considerados como “mato”, mas têm sido estudados para múltiplas propriedades medicinais, incluindo potenciais efeitos antivirais.

Pesquisa em laboratório indica que o dente-de-leão pode combater hepatite B, HIV e influenza

Além disso, um estudo observou que o extrato de dente-de-leão inibiu a replicação da dengue, o vírus transmitido pelo mosquito que causa a dengue. Esta doença, que pode ser fatal, desencadeia sintomas como febre alta, vômito e dor muscular

Fonte : Aqui 

Plantas medicinais – que não podem faltar

Plantas têm sido usadas como remédios naturais desde os tempos antigos.

Ervas de cozinha comuns, como manjericão, sálvia e orégano, bem como ervas menos conhecidas como astragalus e sambucus, têm efeitos antivirais poderosos contra inúmeros vírus que causam infecções em humanos.

É fácil adicionar essas ervas poderosas à sua dieta usando-as em suas receitas favoritas ou transformando-as em chás.

No entanto, tenha em mente que a maioria das pesquisas tem sido realizada em laboratórios e em animais usando extratos concentrados. Portanto, não está claro se pequenas doses dessas ervas teriam os mesmos efeitos.

Share.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.