Como evitar a umidade nas paredes

0

Sabe aquelas bolhas desagradáveis que aparecem entre a parede e a pintura? Ou aquelas manchas também presentes em paredes e rodapés? As duas coisas estão ligadas a problemas causados pela umidade, que podem gerar uma grande dor de cabeça.

Po isso é importante estar atento aos cuidados para evitar esse tipo de problema e, caso ele seja identificado, é fundamental eliminá-lo o mais rápido possível.

Fatores externos da umidade nas paredes

Os problemas com umidade podem ser causados por diversos fatores, como eventos climáticos, impermeabilização inadequada, má qualidade do reboco ou vazamentos.

A causa mais comum é justamente os eventos atmosféricos: quando a umidade do ar está maior que 75%, por exemplo, a proliferação de fungos é maior. Para evitar o surgimento de mofo, deixe o ambiente o mais arejado possível.

Fatores internos da umidade das paredes

Porém, existem casos que o ambiene não influência e o controle está totalmente em nossas mãos. Por exemplo, a impermeabilização das paredes antes da pintura é um processo mais que necessário. Não adianta nada pintar sobre uma parede úmida, pois isso provocará o aparecimento de bolhas, manchas, mofos e destacamentos na pintura.

Tudo isso porque a parede está sujeita a infiltrações da água da chuva e da própria umidade do solo. Para realizar a impermeabilização, o recomendável é lixar a parede e aplicar um produto apropriado em duas ou três demãos.

pintura superior soltando por causa da umidade

Quem é o culpado da umidade das paredes?

Caso as paredes da sua casa já estejam com problemas de umidade, também não há nada perdido.

Em primeiro lugar, temos que encontrar qual é a fonte do problema. No caso de vazamentos, por exemplo, a primeira coisa a se fazer é consertar o encanamento que está com defeito.

Se a umidade vier do telhado, verifique se não há algum vazamento nas calhas e telhas. Caso encontre alguma coisa, feche com algum impermeabilizante adequado.

Por fim, se a infiltração estiver vindo por baixo (frequente nos casos de quintais, cozinhas e banheiros). Nessa situação, será necessário refazer a impermeabilização da parede, com o objetivo de impermeabilizar  a parede que está por baixo do chão.

Como recuperar uma parede com umidade

Em todos os casos, para recuperar uma parede com umidade, é necessário tirar todo reboco ou massa que parecer úmido ou solto. Em seguida, escove os tijolos com uma escova de aço, caso eles tenham bolores ou umidade excessiva. Faça um novo reboco e uma nova pintura, dessa vez usando um impermeabilizante adequado.

Existem algumas situações mais complexas, em que o ideal é chamar um especialista em obras para solucionar o problema. Porém, há também uma série de medidas paliativas para pelo menos diminuir o estrago.

Uma delas, por exemplo, é colocar um plástico preto entre o telhado e o forro, no caso de uma infiltração que venha de cima. Em casos muito extremos, em que não é possível fazer uma reforma estrutural para acabar com o problema, existe a possibilidade de construir uma nova parede em frente à parede danificada, mantendo uma distância de 10cm entre as  duas para a umidade não chegar à parede nova.

Portanto, procure seguir essas dicas, para evitar ter problemas com infiltrações. No início, a umidade não chega nem a incomodar, mas depois pode tomar conta da superfície e tornar-se insuportável. Lembre-se também que sua saúde também está em risco, já que ambientes úmidos podem provocar alergia e problemas respiratórios. Proteja-se!

umidade nas paredes sobrando a pintura

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.