Dicas para escolher o toldo certo para a sua casa

1

Com o passar do tempo, as pessoas tem se preocupado cada vez mais com itens de decoração. Atualmente, essa preocupação não está somente nos cômodos tradicionais e mais usados, como salas, quartos e cozinha, mas também naqueles lugares que temos para relaxar, como é o caso da varanda.

A escolha de um toldo adequado se torna muito importante para que esse ambiente possa de fato ser aconchegante para nós.

Os toldos de varanda podem nos auxiliar a ter um melhor controle de luminosidade, proporcionam um conforto térmico e nos protegem contra sol, chuvas e ventos, nos dando a possibilidade de usar a varanda em qualquer momento. Diante disso, os toldos deixaram de ser uma simples cobertura, ganhando novos sistemas de aberturas, materiais variados e estética valorizada.

Diferentes tipos de materiais para Toldos

O mercado oferece opções de materiais para todos os gostos. Cabe a você avaliar qual é a funcionalidade que você deseja com o toldo e qual é o orçamento disponível. As lonas de acrílico e PVC, por exemplo, são fáceis de limpar, bastante resistentes e as mais baratas . As acrílicas garantem um isolamento térmico, enquanto as de PVC são mais resistentes aos maus tempos.

Caso você esteja procurando por uma cobertura que permita que a luz entre no ambiente, mas que a chuva seja totalmente barrada, a opção recomendada é o policarbonato. O material é bem parecido com o acrílico, mas ainda tem a vantagem de ser flexível. Esse tipo de cobertura pode esquentar o ambiente, mas o mercado também oferece um tipo de policarbonato reflexivo, que não permite que isso aconteça. O preço é maior em relação aos outros materiais, mas tem uma durabilidade grande, podendo chegar até a 20 anos.

Existe ainda a opção do policarbonato compacto, que tem a aparência de um vidro cristal. Esse material tem um ótimo desempenho contra as chuvas, mas custa ainda mais caro.

Ângulo do toldo

O ângulo de um toldo é algo que as pessoas podem ignorar, mas na verdade é muito importante para o desempenho geral.

Para janelas voltadas para leste ou oeste, recomenda-se que o tamanho da queda seja de 65 a 75% para um ótimo desempenho. Para uma janela voltada para o sul, a queda pode ser tão baixa quanto 45-60%, pois é necessária uma cobertura menor devido ao ângulo do sol.

Para uma janela voltada para o sul, a queda pode ser tão baixa quanto 45-60%, pois é necessária uma cobertura menor devido ao ângulo do sol.

Estrutura do Toldo

Não é só o material do toldo que deve ser levado em conta, mas também a estrutura da cobertura, que podem ser de alumínio e aço ou de ferro. A primeira é uma opção mais cara, mas que garante melhor resultado e durabilidade. Porém, se for usado uma pintura anticorrosiva, o ferro pode durar até 10 anos (desde que não seja em um local litorâneo), tornando-se uma boa opção.

Recursos como a pintura eletrostática e a anodização também são úteis para garantir uma maior durabilidade ao metal.

Fixo, retráteis ou Freestanding

O tipo de toldo também é um ponto muito importante a considerar. Os toldos dobráveis e retráteis permitem que você  tenha controle do toldo, o que significa que você pode obter a máxima luz solar natural durante o inverno, se preferir.

Toldos retráteis são, portanto, especialmente apropriados para pátios ou decks, permitindo que você o ajuste quando não estiver em uso. Com o uso de motores e interruptores, retrair o toldo fica bem fácil. Os modelos especialmente avançados têm sensores automáticos de sol e vento, o que significa que você não precisa mexer com ela toda vez que o tempo mudar.

No entanto, tenha em mente que os toldos retráteis geralmente não são projetados para resistir a fortes chuvas, ventos fortes ou neve. Se o tempo estiver ruim, retire os toldos para que eles não sejam danificados.

Toldos freestanding também são comumente usados para pátios, decks ou terraços. Eles efetivamente segmentam um espaço, o que é ótimo se você quiser designar uma área separada para o churrasco, por exemplo. As empresas também adoram toldos independentes, pois podem ser usados  como propaganda.

Sistema de Abertura do Toldo

Outro ponto que você precisa estar atento é o sistema de abertura. Seja qual for o modelo, a abertura pode ser feita por manivela ou automático (nesse caso, usando interruptores ou controle remoto). A segunda opção é bem mais moderna e oferece maior conforto, porém encarecer o produto em cerca de 50%.

Os modelos também podem ser fixos, retráteis ou enroláveis. Os retráteis (feitos geralmente de policarbonato) oferecem uma maior praticidade. Já os enroláveis tem a vantagem de deixar o vão completo ou parcialmente aberto, graças a um sistema de molas.

Sabendo de todas essas informações, você já pode escolher o toldo que seja adequado para o seu interessee e aproveitar muito mais a sua varanda. Mas atenção, na hora de contratar o serviço, lembre-se de procurar empresas conhecidas e que trabalhem com garantia!

Gostou? Compartilhe!

1 comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.