O que é e Como Fazer a Calda Bordalesa

5

Nossas plantas podem ser afetadas por uma infinidade de fungos que podem prejudica-las seriamente, a ponto de, se não forem controlados, estas plantas podem  murchar. Para evitar isso, a aplicação do caldo Bordalesa, um poderoso fungicida azulado que podemos preparar em casa, é altamente recomendável.

O que é a Calda Bordalesa

A Calda Bordalesa é uma mistura caseira que pode ser um grande aliado no combate à ferrugem. Ela  é a mistura de sulfato de cobre, cal hidratada ou cal virgem e água, que foi acidentalmente descoberto pelos produtores de uva na região de Bordeaux.

Possui eficácia comprovada sobre muitos tipos de fungos e bactérias em várias plantas, tanto ornamentais, frutíferas, como produtoras de grãos ou hortaliças.

Por incrível que pareça,  usavam este produto para impedir que ladrões comessem as frutas. É um fungicida azulado muito fácil de preparar que protege as plantas dos fungos que podem afetá-las.

Abaixo explicamos como você pode fazer este caldo fantástico para proteger suas plantas e como usá-lo.

calda bordalesa

Como se prepara a Calda Bordalesa

Para obter 1 litro dessa Calda Bordalesa:

  • 10 gramas de sulfato de cobre
  • 10 gramas de cal
  • 1 litro de água.

Para preparar  20 litros de calda bordalesa:

  •  200g de cal virgem (nova, sem muito resíduo)
  • 200g de sulfato de cobre (cristalizado ou em pedra)
  • 20 litros de água

1° Passo – Diluição do sulfato de cobre

De 4 até 24 horas antes do inicio do preparo temos que diluir o sulfato de cobre. Coloque o sulfato de cobre  em aproximadamente 5 l de água fria ou morna, o que facilita a diluição e misture bem até que esteja completamente dissolvido.

2° Passo: Preparo do leite de cal

Coloque a cal em 2 litros de água e misture bem, formando o “leite de cal”

3° Passo: Mistura dos ingredientes

Em seguida, derrame vagarosamente o sulfato de cobre sobre o leite de cal. Ou seja, jogue o azul sobre  o branco.

A mistura deve ser sempre realizada colocando o sulfato de cobre (azul) na cal (branca) e nunca ao contrário.

misturado agua de cal com agua com sulfato de cobre

4º Passo: Teste de verificação da acidez da calda Bordaleza

Calda bordalesa deve ser neutra ou ligeiramente alcalina, de modo a não queimar plantas para a sua aplicação. Para evitar este evento, faça um teste com a lamina de uma faca. Pingar na lâmina uma gota de água. Poucos minutos depois, se ficar uma mancha no local, quer  dizer que  a calda bordalesa está ácida. Neste caso, é necessário adicionar mais leite de cal até que a mistura fique neutra. Para isto, repita o processo até não  visualizar mais a mancha na lâmina da faca.

5º Passo – Aplicação

Coe a calda

Uma vez feito, mexa bem para que tudo esteja bem dissolvido e, em seguida, encha um pulverizador com o líquido resultante. Então, você terá seu fungicida pronto para uso.

obs.: Em culturas sob estufa, o ideal é reduzir em 30% as doses dos ingredientes.

Como se usa a Calda Bordalesa

É um pouco tóxica,  por isso se recomenda utilizar equipamentos de proteção como máscara facial e luvas.

Para plantas novas, ou em brotação ou floração, diluir a calda bordalesa, acrescentando mais 10 litros de água (concentração de 0,5%).

Evitar aplicar em horários de sol quente. Recomenda-se aplicar a calda bordalesa em pequenas áreas para testar as condições locais (espécie, cultivar, estádio de desenvolvimento, condições climáticas) da cultura que será tratada, para verificar se ocorre fitotoxidade (manchas na planta ou fruto).

Dependendo das espécies de planta  que você quer aplicar a Calda Bordalesa,  você pode usar em um determinado momento, por exemplo:

Árvores frutíferas: no outono, antes da queda das folhas, ou no final do inverno. Repita a cada duas semanas.
Plantas hortícolas (morangos, tomates, batatas, etc.): na primavera, a cada duas semanas.
Plantas ornamentais (exceto carnívoras e acidofílicas): na primavera, a cada duas semanas.

O uso desta mistura não deve exceder uma concentração de cobre de 6 kilos por hectare / ano.

aplicando calda bordolesa

Precauções

 

Se usado excessivamente, as plantas podem sofrer. Sob a ação do sulfato de cobre as folhas podem murchar já que não é rapidamente absolvido pelo solo e, portanto o  ideal é que  não excede 60mg / kg .

Além disso, não pode ser usado durante o período de floração e nem mesmo quando o período que a colheita se aproxima. Também é muito importante ter em mente que a calda Bordalesa é tóxica para os animais, incluindo os seres humanos, então mantenha afastado das crianças e dos animais de estimação.

O aplicador deverá lavar se em água corrente após sua aplicação. Lavar muito bem o que foi pulverizado antes de ser consumido.

Entretanto, se você tomar as medidas de precaução necessárias, é um dos fungicidas ecológicos mais eficazes para suas plantas, horta ou pomar.

Resumo

  • Use a calda bordalesa logo após o preparo ou em até 3 dias
  • Evite o contato da calda bordalesa com a pele e olhos utilizando luvas e máscara
  • Aplique a calda com temperaturas amenas
  • O uso de sulfato de cobre é proibido em pós-colheita
  • A quantidade máxima permitida na legislação orgânica é de 6 kg de cobre/ha/ano
  • Os produtores orgânicos devem consultar a OCS ou OAC, caso seu uso não estiver previsto no plano de manejo orgânico da propriedade para o controle proposto
Share.

5 Comentários

  1. Avatar
    Adilceia Braga on

    Boa tarde…minha jabuticabeira está repleta de flores e algumas jabuticabinhas as quais estão cobertas de manchas amarelas…parecem uma ferrugem…andei lendo sobre essa praga…quero saber se posso aplicar a calda de bordalesa uma vez que ja está com flores? Obrigada

    • Avatar
      Alice Franzon on

      Minha dúvida é sobre a aplicação da calda bordalesa na floração e frutos pequenos, principalmente na jabuticabeira, percebi que matou as flores(não sei se estava forte para floração), hoje evito de pulverizar nesse período. Também no mamão com frutos pequenos e flores.

  2. Avatar
    Dilermano Soares Nogueira on

    Boa noite

    Eu tentei fazer mas o PH fica sempre abaixo de 6.0

    Já medi o PH

    Cal 8.3
    Água da torneira 6.2
    Cobre 3.1

    Mas quando coloco essas medidas acima que você ensina, o PH só da 5.1

    Já estou pra desisitir de fazet á calda Bordalesa

    • Avatar
      José Francisco on

      Olá amigo gostaria de te passar uma dica se me permite…. busque no YouTube vídeos do “viticultor Sérgio semerdijian” busque entre os vídeos ele ensinando a fazer a calda bordalesa.,.. Além disso lá vc encontrará vários vídeos ensinando a cuidar das frutíferas de maneira natural……

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.