Como decidir sobre as Tintas – base de água X base a óleo

0

Um Guia Prático e Estético para todos os Tipos de Pintura

Pintar paredes, tetos ou pintar exteriores de casa são algumas das tarefas mais populares dos proprietários de casas. Apesar de que quase todo mundo tem barata  é tão boa quanto a tinta cara? E quanto a tinta látex e tinta à base de óleo? Ou primer?

Tudo pode ser bastante confuso e, como resultado, muitas pessoas simplesmente baseiam sua decisão no preço e obtêm a tinta mais barata que podem comprar e em seguida descobrem que precisam pintar e recobrir e recobrir e revestir novamente, simplesmente porque adquiriu  a tinta mais barata…

Neste artigo, vamos falar sobre como ter uma noção básicas sobre as pintura: o que é, que tipos existem, qual o tipo usar, onde e como escolher o brilho correto.

 

O que é tinta?

A tinta é uma mistura de quatro ingredientes básicos

  • pigmentos
  • resinas
  • solventes
  • aditivos

O pigmento é a cor e a resina é o aglutinante ou cola. Solvente é o transportador que faz tudo líquido e evapora à medida que a tinta seca. Os aditivos fornecem características de desempenho específicas, como  bloquear as manchas ou destruir o mofo, etc.

Tintas baratas têm uma porcentagem maior de solventes por volume do que as pinturas mais caras de melhor qualidade. Como resultado, pode haver até 50% menos pigmento e resina em um galão de tinta barata. Isso significa que a maioria do que você está aplicando com tinta barata é solvente (água ou álcool mineral), que apenas evapora, deixando pouco pigmento para trás. É por isso que você tem que revestir e revestir novamente até quatro vezes com tinta de baixa qualidade antes que haja pigmento suficiente para cobrir a cor por baixo.

Então aprenda com os profissionais, que valorizam seu tempo: compre a melhor tinta que puder e evite pintar mais de duas vezes. Procure fabricantes com boa reputação e verifique o rótulo em busca de produtos que contenham cerca de 45% de pigmentos e resinas por volume.

Tinta à base de água X tinta a base de óleo

Todas as tintas se enquadram basicamente em duas categorias de solventes que definem seu tipo: à base de água ou à base de óleo.

A tinta à base de água, na verdade tem água como solvente, mas apenas para confundir a todos, essa tinta é mais comumente chamada de “látex”, mesmo que não contenha látex. Muitas tintas à base de água são feitas com acrílico e podem ser chamadas de “látex acrílico”.

A “tinta à base de óleo” é igualmente confusa, porque na verdade não é feita com óleo; tem um solvente de álcool mineral (também conhecido como diluente de tinta) ou resina alquídica. O alquídico pode ser diluído com álcool mineral e a tinta látex é diluída com água. Na loja de tintas, você será entendido se usar os termos tinta látex ou tinta à base de óleo ou alquídica.

Tinta à base de água (látex)

Tinta látex é o tipo mais comum de tinta para uso doméstico por vários motivos:

  • Limpa com sabão e água.
  • Amigo do meio ambiente. normalmente contém menos compostos orgânicos voláteis.
  • Excelente desempenho.
  • Permanece flexível, suporta o movimento.
  • Pode prevenir o mofo e umidade.
  • Secagem rápido.
  • Disponível em várias cores e brilhos.
  • Você pode usar tinta à base de água em praticamente qualquer aplicação em casa, desde exteriores e acabamentos até paredes internas e trabalhos em madeira.

Tinta á óleo (Alquídica)

Tintas alquídicas não são comumente usadas em aplicações de pintura doméstica. Ao mesmo tempo, essas tintas era o padrão para banheiros e outras áreas “molhadas”, já que eram fáceis de esfregar, tinham um brilho mais alto e eram mais duráveis do que as primeiras tintas de látex. Isso não é mais verdade, no entanto, como muitas tintas de látex agora são iguais e às vezes superam as tintas alquídicas.

Quando usado em casa, as tintas alquídicas são mais comumente reservadas para áreas sujeitas a desgaste intenso ou propensas a impactos. Estes incluem  pisos e às vezes armários. Outro benefício para a tinta á óleo é que ele tem um tempo de secagem mais longo do que a tinta látex, de modo que não precisa dar muitas  pinceladas, uma vantagem ao pintar aparas, trabalhos de madeiras .

Algumas desvantagens da tinta alquídica incluem:

  • Normalmente mais caro que a tinta látex.
  • Odor-intensivo ao secar e normalmente contém mais compostos orgânicos voláteis.
  • Requer limpeza com solvente químico (álcool mineral ou diluente de tinta).
  • Alguns locais restringem o uso dessa tinta por causa dos materiais perigosos que ela cria no fluxo de resíduos.

Brilho da tinta

Outra consideração na escolha da tinta adequada é um fator chamado brilho da tinta. O brilho da tinta refere-se a quão brilhante a superfície da tinta seca fica quando seca. Existem cinco brilhos básicos:

Brilho:

Tem um índice de brilho elevado. Ótimo para usar em portas, armários e áreas que serão lavadas frequentemente.

  • Recomendado: cozinha, banheiro, porta, janela, rodapé, armários, portões e mobilias de exterior.

Meio brilho:

 é usado em cozinhas, banheiros, lavanderias e áreas similares que precisam da alta capacidade de lavagem e resistência à umidade de uma tinta mais brilhante. Não há problema em usar casca de ovo ou acetinado nessas áreas também, desde que as superfícies permaneçam secas, mas o semi-brilho é a melhor opção.

  • Recomendado: sala de jogos, corredores, cozinha, banheiro, portas, janelas, rodapé, armários, portões e mobilia de exterior.

Acetinado:

O cetim é semelhante à casca de ovo e às vezes  possui um pouco mais de brilho. Alguns fabricantes oferecem acetinado no lugar de casca de ovo; outros oferecem ambos.

  • Recomendado: Sala de estar, sala de jantar, quarto, escritório, vão da escada, sala de jogos, corredores, cozinha, banheiro, portas, janela, rodapé, armários, portões e mobilias de exterior.



Casca de ovo:

 Tinta casca de ovo tem uma quantidade moderada de brilho por isso esconde um pouco as imperfeições e produz relativamente pouco brilho. Também é bastante lavável. Essas características fazem dela a escolha padrão para todas as paredes exceto cozinhas e banheiros.

  • recomendado: Porta, janela, rodapé e armários.

Mate : 

Tintas mate têm a menor quantidade de brilho. A vantagem disso é que a tinta esconde bem as imperfeições e a superfície pintada cria muito pouco brilho. A desvantagem é que não é muito lavável. Se você esfregar a superfície com uma esponja úmida, a tinta poderá soltar-se na esponja. Por essa razão, a tinta mate é normalmente usada apenas nos tetos das casas.

  • Recomendado: sala de jantar, sala de estar, quartos, escritório, vão da escada, teto e paredes do exterior.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.