6 usos diferentes da planta ARNICA

0
Showing 1 of 3

Os usos tópicos da Arnica têm sido usados ​​desde os tempos antigos como uma solução contra colisões, reumatismo e infecções. Esta planta é conhecida pelas suas vistosas flores amarelas, que continuam a ter destaque na medicina natural.

Na verdade, hoje em dia, muitos de seus extratos são usados ​​na fabricação de pomadas, géis e outros produtos terapêuticos que geralmente têm como objetivo aliviar o inchaço e a dor.

Porém, algumas pessoas ainda preferem seu preparo em remédios naturais, por ser muito econômico e permitir o aproveitamento de 100% de suas propriedades.

Ainda não sabe para que serve e como usá-lo? Abaixo, compartilhamos em detalhes seus principais efeitos no corpo e algumas das aplicações externas mais relevantes.

extratos de arnica

Propriedades medicinais

Os extratos de Arnica contêm princípios ativos com ação antibacteriana e antiinflamatória que são utilizados no tratamento de hematomas, queimaduras e problemas articulares.

A arnica contém substâncias conhecidas como lactonas sesquiterpênicas, que se distinguem por sua capacidade de reduzir a inflamação e a dor. Ele também fornece outros elementos benéficos, como timol e anthoxantina.

Graças ao seu conteúdo de inulina, são atribuídas propriedades gastro-estimulantes, hipoglicêmicas, imunoestimulantes e probióticas.

Além disso, tem a capacidade de limpar resíduos inflamatórios e o ácido láctico, responsáveis ​​por muitas enfermidades.

Outras propriedades reconhecidas da arnica incluem:

  • Cicatrizante
  • Emoliente
  • Adstringente
  • Antimicrobiano
  • Antioxidante
  • Anticoagulante

Arnica, benefícios e aplicações

Não é de todo estranho que as aplicações da arnica na saúde sejam muito difundidas. Esta planta tem servido de base a muitos tratamentos alternativos, graças às suas incríveis propriedades.

  • Devido à sua capacidade de estimular a circulação, acelera o alívio de inchaços, hematomas e hematomas.
  • Possui propriedades antiinflamatórias e antibacterianas, que ajudam a combater e prevenir algumas infecções da pele.
  • Reduz tensão musculat, dores musculares e luxações.
  • Em compressas e pomadas, ajuda a acalmar a dor da artrite reumatóide.
  • Previne estrias na gravidez.
  • Cura úlceras não abertas e eczema da pele.
  • Seus agentes antimicrobianos combatem infecções orais e de garganta.
  • Regula o pH da área vaginal e reduz sintomas como coceira e secreção intensa.
  • Reduz a produção excessiva de sebo na pele e combate a acne.

extratos de arnica

Usos tópicos da arnica que você deve saber

Os usos tópicos da arnica são os mais proeminentes devido à sua eficácia. Embora em alguns tratamentos seja utilizado internamente, sua ingestão não é recomendada devido à sua alta toxicidade.

As formas de uso da planta variam de acordo com sua finalidade. O mais indicado é fazer uma tintura de arnica e com essa base aplicar ou não nas 6 maneiras interessantes de prepará-lo para resolver algumas condições e enfermidades.

Tintura de Arnica

ingredientes

  • 1 vidro hermeticamente fechado de 1 litro
  • 3 xícaras de arnica seca
  • 1 garrafa de álcool isopropílico

Assim que Faz

  1. Encha  3/4 do  vidro com as arnicas desidratadas. Se as três xícaras não forem suficientes, adicione mais.
  2. Encha o frasco com álcool isopropílico, deixando 2 a 3 cm  da  tampa.
  3. Feche bem o frasco e guarde em local escuro por pelo menos duas semanas. Agite uma ou duas vezes ao dia.
  4. Após duas semanas, coar a tintura em um pano de queijo ou voal. Descarte as flores e guarde a tintura em uma jarra de vidro.
  5. Aplique uma pequena quantidade em hematomas e músculos doloridos com um pano ou bola de algodão. E veja algumas receitas especificas a baixo.
Showing 1 of 3
Share.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.