Manutenção de bicicletas – 6 reparos básicos

0

Manutenção de bicicletas – é assim que você põe sua bicicleta ao ponto

Estamos experimentando um boom no uso de bicicletas. Olhamos mais de perto ao nosso redor e nos preocupamos mais com o meio ambiente.

Portanto, se utilizamos a bicicleta como meio de transporte, é imprescindível conhecer as manutenções e reparos que ela requer. Da mesma forma que se temos um carro temos que saber trocar uma roda, quando vamos de bicicleta também é necessário aprender pequenos ajustes e reparos.

Com que frequência preciso fazer a manutenção da minha bicicleta?

A resposta não é tão simples. Tudo depende do uso que se dá à bicicleta. Ou seja, com que frequência é usado, em que terreno é usado e as condições climáticas em que é usado.

Limpeza

Diferentes partes da bicicleta sofrem algum desgaste com o uso normal. Se a bicicleta estiver suja, o desgaste pode ser muito maior. Portanto, a primeira linha de defesa para manter nossa bicicleta em boas condições é mantê-la limpa.

A parte mais suja que precisa de limpeza é o sistema de transmissão da bicicleta. A corrente pega inúmeras partículas do solo. A sujeira acumulada na corrente acelera o desgaste da mesma, bem como dos dentes das rodas dentadas e coroas. Por isso, se mantivermos a corrente sempre limpa e lubrificada, prolongaremos consideravelmente a vida útil da transmissão.

Transmissão de potencia da bicicleta:

  • Corrente
  • Pratos
  • Pinhões
  • Desviador traseiro (se for de velocidade)

A melhor forma de limpar a nossa bicicleta é com escova, desengordurante, sabão, água e um pano.

Embora seja muito confortável, evite as mangueira dos Lava-Carros, pois ela tem muita pressão e pode danificar as partes mais sensíveis, como a placa, a roda dentada ou as luzes.

Lubrificar

Depois de limpar nossa bicicleta, é necessário um pouco de óleo para a corrente. É preciso sempre ter a corrente bem lubrificada, principalmente bicicletas com marchas diferentes.

São diversos os óleos especiais, com ceras, que evitam o acúmulo de sujeira na transmissão.

Engraxar consistentemente o espigão do selim e qualquer parafuso fixo, como os dos pedais, para evitar a corrosão em sua bicicleta.

Saiba como consertar um furo do pneu

É fundamental saber consertar um furo, pois também é necessário levar sempre peças de reposição.

O trabalho a ser realizado é muito simples: com a ajuda das partes removíveis e com uma leve alavanca, soltamos a tampa de um lado e retiramos a câmara interna.

Depois de retirar o tubo verificamos, passando a mão cuidadosamente pelo interior da coberta, se não há nenhum espeto ainda preso, inserimos um novo tubo, arejamos e continuamos a marcha. Existem também adesivos que nos livrarão de problemas.

Colocar os freios no ponto

Os freios da bicicleta costumam dar bastante problemas.

Às vezes acontece que a roda está constantemente nos desacelerando. Portanto, nosso esforço será maior. Ou, no caso contrário, si eles não freiam, ao usá-los, teremos uma desagradável surpresa.

Deve haver sempre uma distância adequada entre a sapata – aro e almofada – e o disco, controlando seu desgaste. Um truque simples para ajustar os freios é ajustar a tensão no cabo do freio.

Na inserção do cabo, sempre há uma rosca ou cano que o ajudará a fazer o freio responder rapidamente e sem desacelerar a roda.

Nos freios do disco, pequenos atritos aparecem ao inserir e remover a roda. A solução geralmente é fácil: afrouxe os parafusos que prendem o freio ao garfo ou quadro, aperte o freio e com o freio apertado e reaperte os parafusos.

freio de bicicleta

Ajuste as mudanças de marcha

Engrenagens mal ajustadas não são perigosas, mas podem nos causar problemas. Para consertar esses pequenos ajustes, existe um truque muito semelhante ao dos freios.

Na boca do cabo até a alavanca de câmbio ou desviador, temos um cano que gira para dar mais ou menos tensão ao cabo.

Outro problema muito comum é que a corrente se solta. Isso geralmente é um problema com o desviador ou curso do desviador que faz com que a corrente salte ao mudar para as engrenagens externas ou coroas.

Na própria engrenagem existem pequenos parafusos com um ‘+’ ou um ‘H’ e um ‘-‘ ou um ‘L’ que ajustam o comprimento da engrenagem.

Manutenção de corrente

Por un mal mantenimiento de la cadena, la limpieza y el engrasado adecuado, nos puede traer algún que otro dolor de cabeza.

É como dar um passeio para se divertir e ter que andar de volta carregando a bicicleta porque a corrente pula continuamente.

A solução é simples e rápida.

Um disjuntor de corrente é necessário para remover ou substituir os elos deformados. Se você teve que remover elos, tome cuidado, pois deixará a corrente mais curta.

Share.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.